Inscrições para o Sisu serão de 6 a 9 de abril; candidatos devem ter feito o Enem sem zerar redação

Foto: ilustrativa/Pexels

As inscrições para o processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), em seu primeiro semestre, ocorrerão de 6 a 9 de abril. O resultado será divulgado em 13 de abril, segundo informações do Ministério da Educação (MEC). As inscrições serão feitas pela página do Sisu na internet.

Os selecionados terão de 14 a 19 de abril para efetuar a matrícula ou o registro acadêmico na instituição de ensino para a qual o candidato tenha sido selecionado. Quem não for selecionado na chamada única do Sisu poderá disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. O prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera será de 13 a 19 de abril.

Para participar do Sisu, o estudante deverá ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição de 2020, obtido nota superior a zero na prova de redação, e não pode ter participado do Enem na condição de treineiro.

O Sisu é o programa do MEC para acesso de brasileiros a cursos de graduação em universidades públicas do país. As vagas são abertas semestralmente, por meio de um sistema informatizado, e para participar é preciso ter garantido um bom desempenho nas provas do Enem e não ter zerado a redação.

Além do Sisu, as notas do Enem podem ser usadas para acessar o Programa Universidade para Todos (ProUni), que oferece bolsas de estudo em instituições privadas, e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que facilita o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior.

Fonte: Agência Brasil

Next Post

Bahia inicia aplicação da segunda dose da Coronavac na próxima segunda-feira

Qui Fev 11 , 2021
Na próxima segunda-feira (15) a Bahia vai iniciar a aplicação da segunda dose da vacina Coronavac. Assim como ocorreu na primeira etapa da vacinação, o esquema será iniciado com os profissionais de saúde da linha de frente contra a Covid-19, idosos acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e indígenas. Os imunizantes […]