Julho das Pretas: Programação especial destaca a luta pela autonomia feminina negra e o combate à violência contra as mulheres ; vídeo

Foto: Reprodução

A Secretaria de Assistência Social – SEMAS via Diretoria de Direitos Humanos e Combate ao Racismo Estrutural e a Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo (SECET), convidam todos para participar das atividades do “Julho das Pretas”, campanha lançada pela Prefeitura nesta segunda-feira (05), com veiculação de um vídeo nas redes sociais que incentiva a denúncia das violências cometidas contra a mulher.

Com o tema central “Não se Cale: Dê uma basta a toda a violência contra à mulher”, em Alagoinhas , o “Julho das Pretas” de 2021 busca ampliar o diálogo, desenvolver ações e reforçar a luta das mulheres negras, as maiores vítimas da violência doméstica e de feminicídio. “O lançamento da campanha reforça o compromisso da gestão com a vida de todas as mulheres, mas principalmente das meninas e mulher negra, vítima histórica do sexismo e machismo”, afirmou a secretária da SEMAS, Ludmilla Fiscina.

De acordo com dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, duas em cada três vítimas de feminicídio são negras. O risco de uma mulher negra ser morta é 64% maior do que o de uma mulher branca. Já a Rede Observatório de Segurança aponta a Bahia em 3° lugar no ranking dos casos de feminicídio. “É importante destacar que a violência atinge a todas, mas sobre as meninas e mulheres negras o alcance é mais avassalador e perverso, tendo em vista que o racismo instalado na sociedade animaliza e não se comove com os corpos pretos que tombam, racializando, inclusive, o acesso ao sistema de justiça”, apontou a coordenadora de Políticas de Proteção à Mulher, Jamile Oliveira.

O Julho das Pretas faz referência ao 25 de julho, quando são celebrados o Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, e também o Dia Nacional de Teresa de Benguela e da Mulher Negra. Considerada uma rainha por ter liderado o quilombo Quariterê, no Mato Grosso, Benguela uniu negros, brancos e indígenas para defender o território por muitos anos. Foi ela a responsável pelo desenvolvimento do quilombo, implantando novos modelos de desenvolvimento, como o uso do ferro na agricultura.

Mês de atividades

O Julho das Pretas integra a campanha municipal permanente de ações de divulgação da rede de atendimento e assistência à mulher em situação de violência, visando alcançar as mulheres que necessitam dessas políticas, mas que desconhecem ou não ainda sabem como acessar os serviços.

Ferramentas tecnológicas, lançamento de serviços como a “Ouvidoria para Elas”, links de consulta pública para que a população possa expressar suas demandas para a construção de uma política local para mulheres, Aplicativo Municipal para Assistência de Mulheres em parceria com o Ministério Público, exibição de lives, abordagens nos equipamentos públicos e privados, nas comunidades, articulação com a Coordenação de Políticas Raciais e com o Conselho Municipal de Desenvolvimento da Comunidade Negra e Afrodescendente e Conselho Municipal da Mulher, são alguns dos projetos e ações que serão desenvolvidos durante o mês.

Homenagens também marcarão as atividades a fim de promover o reconhecimento do protagonismo das mulheres negras do município.

Vídeo

Fonte: SECOM/Alagoinhas

Next Post

Frango assado recheado com farofa fácil🍗

Ter Jul 6 , 2021
 🍗Ingredientes: 1 frango inteiro 8 dentes de alho amassados 1 limão 1 laranja 2 colheres de sopa de margarina 2 colheres de sopa de azeite 2 xícaras de chá de farinha de mandioca sal a gosto 🍗Modo de Preparo: Lave o frango, tire os miúdos que vem dentro e reserve . Em uma tigela funda, coloque […]