Cinco PMs são presos após invadirem sítio e aterrorizarem moradores em Catu de Abrantes

foto: Divulgação/SSP

Cinco PMs foram presos suspeitos de atear fogo em imóveis em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. O caso aconteceu por volta da 1h deste sábado (20/11).

De acordo com a corporação, o Centro Integrado de Comunicações (CICOM), acionou agentes da 59ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Abrantes) após testemunhas perceberem vários carros com homens armados e encapuzados que estariam invadindo um sítio e efetuado vários disparos de arma de fogo, em Catu de Abrantes.

Ainda segundo a PM, as guarnições foram informadas por moradores do local de que o grupo havia derrubado imóveis, ateado fogo em utensílios domésticos e teria deixado o local pela Via Metropolitana.

Ainda na versão da Polícia Militar, os agentes realizaram rondas e visualizaram um veículo similar a um trator, e alguns veículos de passeio em comboio, próximo à Praça de Pedágio, sentido Simões Filho.

Uma abordagem foi realizada com busca pessoal de todos os envolvidos na ocorrência. Entre eles estavam os cinco policiais militares, dois da ativa e três da reserva. Um dos policiais da ativa é lotado no Batalhão de Policiamento Turístico (BPTur). O outro atua no Cicom. Os nomes deles não foram revelados por conta da Lei de Abuso de Autoridade.

Na 27ª Delegacia Territorial Polícia (DT/Itinga), foram apresentados os envolvidos, bem como os veículos e materiais apreendidos.

Em seguida, os policiais militares foram conduzidos à Corregedoria-Geral da PMBA, para adoção das medidas cabíveis.

As prisões foram feitas por policiais da 59ª CIPM e pela Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp RMS), após uma das vítimas conseguir fugir e ligar para o número 190.

Os PMs detidos serão designados para o Batalhão de Choque (BPChq) onde ficarão custodiados.

Fonte: Aratu On

Next Post

Detran e SAC vão exigir comprovante de vacinação para atendimento presencial

Sáb Nov 20 , 2021
Os atendimentos presenciais no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e no Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) estarão liberados, a partir do 1º de dezembro, somente para quem comprovar que tomou a vacina contra a Covid-19. A visitação social às unidades de saúde e às unidades prisionais do Estado também fica condicionada, a partir de 1º […]