Auxílio Brasil: 2,8 milhões de famílias estavam na fila de espera em abril

Estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostra que 2.788.362 famílias que atendem aos requisitos para receber o benefício não tiveram acesso a ele em abril deste ano

Foto: Auxilio Brasil

‘Zerada’ no início deste ano, segundo o Ministério da Cidadania, a fila de brasileiros à espera do Auxílio Brasil voltou a crescer. O estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) mostra que 2.788.362 famílias que atendem aos requisitos para receber o benefício não tiveram acesso a ele em abril deste ano.

A chamada demanda reprimida teve um salto de 113% em relação a março, quando o número de famílias à espera era de 1.307.930. Ou seja, o número de 1.480.432 de famílias que se somaram à demanda reprimida em abril é maior que o total de março.

Para receber o benefício, as famílias precisam atender às condições do programa e estar inscritas no Cadastro Único. Não é preciso se inscrever para o benefício: o governo avalia dentro do CadÚnico os elegíveis. A demanda reprimida, assim, leva em conta o número de inscritos no Cadastro que se enquadram para o recebimento.

Fonte: Metro1

Next Post

Bolsonaro vai à festas juninas em Caruaru e Campina Grande nesta semana

Ter Jun 21 , 2022
Bolsonaro irá para as festividades em Pernambuco nesta quinta-feira (23) e vai para a Paraíba na sexta (24), onde também deve passar pela capital, João Pessoa. Na próxima semana, está prevista uma visita a Maceió, capital de Alagoas. De acordo com informações do Globo, o comitê de campanha considera fundamental que Bolsonaro divulgue ações do governo […]