Escalação da Seleção: Tite confirma Vini Júnior e mais três mudanças para amistoso contra o Japão

Além do atacante do Real Madrid, Alisson, Guilherme Arana e Éder Militão entram na equipe

Jogadores da seleção brasileira em treino no Japão — Foto: Lucas Figueiredo / CBF

A seleção brasileira terá quatro mudanças na escalação para enfrentar o Japão, em amistoso nesta segunda-feira, às 7h20 (de Brasília), no Estádio Nacional, em Tóquio. A partida terá transmissão ao vivo da Globo, do sportv e do ge.

Da equipe que goleou a Coreia do Sul, na última quinta, o técnico Tite sacou o goleiro Weverton, o zagueiro Thiago Silva, o lateral-esquerdo Alex Sandro e o atacante Richarlison. Nos lugares deles entraram Alisson, Éder Militão, Guilherme Arana e Vinicius Júnior, respectivamente.

Assim, pela primeira vez a Seleção terá o quarteto ofensivo formado por Raphinha, Lucas Paquetá, Neymar e Vini Júnior.

O Brasil irá a campo contra o Japão com: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Éder Militão e Guilherme Arana; Casemiro e Fred; Raphinha, Lucas Paquetá, Neymar e Vini Júnior.

Neste domingo, véspera da partida, Tite organizou um treino tático no qual ensaiou o posicionamento e as movimentações ofensivas.

Paquetá, que no último jogo foi escalado pela ponta esquerda, dessa vez ficará mais centralizado, ao lado de Neymar, ambos com liberdade de movimentação.

O treinador também dedicou boa parte da atividade para trabalhar jogadas de bola parada.

O zagueiro Gabriel Magalhães voltou a se queixar de dores no músculo posterior da coxa esquerda e nem sequer apareceu em campo. Ele será um dos quatro jogadores cortados do amistoso contra a Coreia.

Fonte: Ge

Next Post

Comerciantes do Centro de Abastecimento reclamam de fechamento da ceasa aos domingos

Dom Jun 5 , 2022
Decisão foi tomada por causa da violência. Alguns comerciantes do setor da Ceasa do Centro de Abastecimento de Feira de Santana, estão relatando dificuldades após a prefeitura municipal ordenar para que o entreposto não seja aberto aos domingos. De acordo com o comerciante Carlos Henrique, mesmo não tendo movimento no local, o domingo era o dia […]