Prefeitura do Rio cancela festa oficial de Réveillon em razão da pandemia

Medida destinada a evitar aglomerações foi recomendada por comitê estadual e acatada pelo município

Foto: Reprodução- Queima de fogos durante festa de Réveillon no Rio de Janeiro

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, informou na manhã deste sábado (4) que a tradicional festa oficial de Réveillon carioca foi cancelada na virada de 2021 para 2022 para reduzir os riscos de contaminação pelo coronavírus.

Paes se manifestou em redes sociais argumentando que o comitê científico municipal achava possível realizar a celebração, mas que o comitê equivalente em nível estadual considera arriscado organizar eventos que resultem em aglomerações de pessoas e baixa adesão ao uso de máscaras.

Em sua conta no Twitter, o prefeito carioca escreveu: “Respeitamos a ciência. Como são opiniões divergentes entre comitês científicos, vamos sempre ficar com a mais restritiva. O Comitê da prefeitura diz que pode. O do Estado diz que não. Então, não pode. Vamos cancelar dessa forma a celebração oficial do réveillon do Rio.”

Paes diz que toma a decisão “com tristeza”, mas argumenta que não teria como organizar a celebração, que exige gastos elevados e preparativos complexos, “sem a garantia de todas as autoridades sanitárias”. O prefeito aproveita a sequência de postagens para citar que não era essa a orientação que vinha sendo cogitada pelo governador fluminense, Cláudio Castro, mas que a orientação dos assessores estaduais seria acatada.

Paes conclui o comunicado dizendo que espera “poder estar em Copacabana abraçando a todos na passagem de 22 para 23. Vai fazer falta, mas o importante é que sigamos vacinando e salvando vidas”.

Embora o prefeito não cite nominalmente, o surgimento da variante Ômicron do coronavírus tem despertado preocupação em gestores públicos e profissionais de saúde em todo o mundo e estimulado a retomada de algumas medidas restritivas como cancelamento de eventos, suspensões de voos de determinados países e retomada de recomendações como distanciamento e uso de máscaras.

A cidade do Rio também registra um surto de gripe que aumenta a demanda por atendimento hospitalar nas últimas semanas.

Fonte: GZH

Next Post

Bandidos explodem duas agências bancárias em Crisópolis na madrugada deste domingo (05)

Dom Dez 5 , 2021
Na madrugada deste domingo (05), por volta das 02 horas duas agências bancárias no Município de Crisópolis foram alvo dos criminosos. De acordo com as informações homens fortemente armados invadiram a cidade realizando diversos disparos de armas de fogo e explodiram a agência do Banco do Brasil e a do Bradesco. As explosões deixaram os moradores […]