Bahia vai exigir comprovante de vacinação para uso do transporte intermunicipal no estado; medida começa a valer em dezembro

O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa. Decreto será publicado nesta quinta-feira e começa a vigorar em 10 de dezembro.

Bahia vai exigir comprovante de vacinação para uso do transporte intermunicipal no estado — Foto: Sérgio Pinheiro/TV Bahia

A Bahia vai exigir comprovante de vacinação contra a Covid-19 para uso do transporte público intermunicipal a partir do dia 10 dezembro. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa na noite desta quarta-feira (24). Com isso, somente vacinados poderão viajar entre cidades do estado em ônibus intermunicipais.

Segundo o governador, o decreto com a determinação será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (25). A medida, que passará a valer a partir do dia 10 de dezembro de 2021, foi anunciada no final da tarde desta quarta (24) pelo governador Rui Costa.

“Obrigatoriamente, as pessoas terão que apresentar o atestado de vacinação das duas doses, exceto as crianças, que ainda não estão no período de se vacinarem. E para as pessoas que já estão na condição da dose de reforço, também será exigido a comprovação da terceira dose”, disse o governador durante o anúncio.

Rui também destacou o alto número de pessoas que, mesmo já aptas, ainda não completaram o esquema vacinal contra a Covid-19. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), quase 3 milhões de baianos estão com a segunda dose ou dose de reforço em atraso.

Por conta desses números, o governador reforçou o pedido de esforço máximo para todos os municípios do estado. “A batalha ainda não foi vencida, o vírus continua circulando. Vamos fazer uma corrente do bem para salvar vidas, cuidar da saúde, cuidar das pessoas”, disse o governador.

Fonte: G1

Next Post

SEDUC formaliza lançamento do IFARADÁ – Núcleo de Educação Escolar Quilombola

Qua Nov 24 , 2021
Articular e acompanhar a educação escolar oferecida às comunidades quilombolas do município , visando garantir o direito a uma educação diferenciada , pautada nos seus saberes, conhecimentos e respeito às suas matrizes culturais , conforme preconizado por Lei Federal. Esse são os principais objetivos do IFARADÁ* –  Núcleo de Educação Escolar Quilombola da Secretaria Municipal da […]