Após tentar fraudar comprovante de vacina para ir a show sertanejo, mulheres pagam fiança e são soltas

Caso aconteceu em Luís Eduardo Magalhães, no interior da Bahia

Foto: Fotos Públicas

Após tentar subornar agentes de saúde para preenchimento indevido de cartão de vacinação contra a Covid-19, em Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia, as três mulheres presas foram liberadas após pagamento de fiança. A quantia foi determinada pelo judiciário em um valor de pouco mais de um salário mínimo.

Uma das suspeitas foi liberada ainda na tarde de sábado (20). As outras duas permaneceram na cadeia até o dia seguinte e saíram na tarde de domingo (21). As três não tiveram nomes divulgados.

A princípio, o Ministério Público da Bahia havia arbitrado o pagamento de R$ 110 mil para cada. A Justiça, no entanto, fixou o valor em R$ 1.100.

A tentativa de suborno ocorreu quando as suspeitas propuseram o pagamento de R$ 1 mil em dinheiro para que uma técnica de enfermagem comprovasse a imunização com duas doses, em um cartão de vacina preenchido de modo irregular, sem que as vacinas fossem aplicadas.

Esse valor seria apenas uma entrada para o total, que seria de R$ 10 mil, pagos em duas parcelas. Segundo a polícia, as mulheres não queriam se vacinar, mas precisavam do comprovante para terem acesso a um show sertanejo, realizado na região, no último fim de semana, e também para fazerem uma viagem para o exterior.

Fonte: Metro1

Next Post

Homem é morto a tiros em Alagoinhas

Ter Nov 23 , 2021
Segundo informações recebidas pela Polícia Militar (PM), o crime ocorreu no final do Vale, no bairro de Santa Terezinha Um homem foi morto a tiros, no bairro de Santa Terezinha, em Alagoinhas (BA), na manhã desta segunda-feira (22). A vítima foi identificada como Jean Santos Souza, de 41anos. Conforme informações de fontes do Luciano Reis Notícias, […]