Diretora do Banco Mundial prevê ano de 2022 ainda mais desafiador para o Brasil

Relatório eleva previsão de crescimento do país em 2021, mas as projeções para o ano que vem apontam para crescimento mínimo

Foto: AFP / E. Baradat

Em entrevista à CNN Rádio, a diretora do Banco Mundial (BM), Paloma Anós Casero, apresentou dados do novo relatório do órgão, “Recuperação do Crescimento: Reconstruindo Economias Dinâmicas Pós-Covid em Meio a Restrições Orçamentárias”. Os dados para o futuro do Brasil não são animadores. Enquanto que o BM eleva a previsão de crescimento do país em 2021 de 4,5% para 5,3%, no ano que vem, a expectativa é de um crescimento próximo a 1,7% apenas.

A diretora afirmou que a preocupação maior continua sendo a Covid-19, pelo cenário de incerteza sobre a doença. Em seguida, a alta inflação lidera a preocupação do BM por desencadear uma sucessão de episódios que podem aumentar a pobreza no país.

“Essa inflação, para ser contida, tem que passar por aumento dos juros, que traz impacto negativo para consumidores e empresas, e também há o desemprego de mais de 14%, com tudo isso, a pobreza pode aumentar de 12,8% para 15,3% em 2021 e mais ainda em 2022”, avaliou.

A crise energética e os riscos fiscais de um ano eleitoral também foram citados por Casero.

Fonte: Metro1

Next Post

Prefeitura de Alagoinhas comemora o Dia das Crianças com a Caravana da Alegria

Ter Out 12 , 2021
Um Dia das Crianças inesquecível tiveram, nesta terça-feira, 12 de outubro, os moradores do Residencial Urupiara. A Caravana da Alegria, ação itinerante realizada pela Prefeitura de Alagoinhas, por meio da Secretaria de Assistência Social (SEMAS), esteve por lá, durante a manhã deste feriado de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, distribuindo brinquedos, sonhos e muita animação. […]