Alagoinhas: começa neste sábado (11) a aplicação da 3ª dose do imunizante contra a COVID-19; Confira público alvo

Vacina será direcionada para aqueles que já tenham recebido a segunda dose há mais de seis meses

Foto: Divulgação

A cidade de Alagoinhas, inicia neste sábado (11), a aplicação da terceira dose do imunizante contra a COVID-19 em pessoas de 90 anos ou mais. A informação foi publicada nesta sexta-feira (10) através de rede social da prefeitura.

A aplicação acontecerá no Estádio Carneirão, das 8h às 12h com acesso pelo portão principal e via drive-thru pelo portão lateral, em frente ao Colégio Municipal de Alagoinhas (CMA).

Foto: Divulgação

Lembrando que a vacina será direcionada para aqueles que já tenham recebido a segunda dose há mais de seis meses.

Na última quinta-feira (09), as equipes de saúde do município visitaram e vacinaram, com a terceira dose contra o novo coronavírus, pessoas idosas residentes em instituições de longa permanência.

Foram contempladas As instituições Lar Nova Esperança, em Alagoinhas Velha; Lar Franciscano, próximo à praça Rui Barbosa; Lar Bezerra de Menezes, em Santa Terezinha; e no Kairós.

A dose de reforço

O Ministério da Saúde informou que iniciaria a aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19 a “todos os indivíduos imunossuprimidos após 28 dias da segunda dose e para as pessoas acima de 70 anos vacinados há 6 meses”.

A decisão pela aplicação da terceira dose foi tomada de forma conjunta com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass),o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems) e a Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19 (Cetai).

Fonte: Alagonews

Next Post

WhatsApp vai parar de funcionar em mais de 40 modelos de smartphones; veja lista

Sáb Set 11 , 2021
A partir do dia 1º de novembro, alguns smartphones deixarão de integrar o grupo de dispositivos que possuem o app baixado O WhatsApp compartilhou nesta semana uma lista de smartphones que, em breve, deixarão de ter acesso ao aplicativo de mensagens. Isso porque os celulares estão obsoletos demais para receber as atualizações necessárias para que ele […]