Prefeitura demite servidora suspeita de cobrar para agendamento de exames e consultas pelo SUS, na Bahia

Caso aconteceu na cidade de Guanambi, no sudoeste do estado. Servidora é contratada e terá direito de apresentar defesa.

Foto: Reprodução/TV Bahia

A Prefeitura de Guanambi, cidade no sudoeste da Bahia, demitiu uma servidora suspeita de cobrar a pacientes para fazer o agendamento de consultas e exames, por meio do programa Tratamento Fora do Domicílio, que é oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A mulher, que trabalha na prefeitura há sete anos, foi identificada após uma denúncia de um paciente. Ela estaria cobrando para marcar exames em Salvador. Segundo a Secretaria de Saúde de Guanambi, após a denúncia foi feita uma investigação.

A servidora não teve o nome divulgado e ela poderá se defender de possíveis sanções cíveis e criminais. Por meio de nota, a prefeitura informou que mesmo que ela comprove que denúncias não são verdadeiras, a gestão não será obrigada a readmiti-la.

A mulher tinha um salário de R$1.485 e era contratada em regime de trabalho conhecido como Precário, quando não há necessidade de concurso ou de processo seletivo. Também em nota, a prefeitura informou que não compactua com as ilicitudes.

Fonte: G1

Next Post

Jovem é baleado após ser chamado na porta de casa em Alagoinhas

Sáb Ago 28 , 2021
O caso aconteceu na noite de sexta-feira(27),no Cruzeiro dos Montes em Alagoinhas Um jovem de 22 anos de idade foi alvejado por disparos de arma de fogo por volta das 21:07 desta sexta-feira (27), na localidade do Cruzeiro Dos Montes em Alagoinhas. De acordo com as informações a vítima que não teve o nome divulgado estava […]