Rui confirma novos créditos do Bolsa Presença no dia 10 e do Vale-alimentação no dia 15 de julho

Foto: Reprodução

O governador Rui Costa anunciou, nesta terça-feira (6), durante o Papo Correria, as datas para os novos créditos dos auxílios do Bolsa Presença e Vale-alimentação Estudantil (PVAE), destinados a estudantes e famílias da rede estadual de ensino e desenvolvidos com recursos próprios do Governo da Bahia, no âmbito do Programa Estado Solidário. A terceira parcela do Bolsa Presença será efetuada no dia 10 de julho. Já o crédito do PVAE, que chega a sua sétima parcela, acontece no dia 15 de julho. O governador também anunciou investimentos na ordem de R$ 1 bilhão em obras na Educação, o que inclui a construção de novas escolas e de Complexos Poliesportivos Educacionais.

Sobre os dois auxílios, Rui destacou a importância das iniciativas. “É um investimento, até o momento, apenas nestes dois programas, de mais de meio bilhão de reais, aplicado para ajudar a colocar comida na mesa dos estudantes e seus familiares”.

O Bolsa Presença, no valor de R$ 150, por mês, deve alcançar 311 mil famílias de 357 mil estudantes com cadastro no CadÚnico e que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Ao todo, são destinados R$ 208 milhões para as seis parcelas do programa. Além de apoiar financeiramente as famílias, o objetivo do Bolsa Presença é garantir a permanência do estudante nas atividades escolares. O crédito pode ser utilizado de acordo com a necessidade de cada família.

O PVAE tem o objetivo de garantir a segurança alimentar dos estudantes e de suas famílias e o investimento já soma R$ 316 milhões. Todos os estudantes matriculados na rede estadual de ensino (cerca de 900 mil) recebem o valor de R$ 55 por parcela. O valor é exclusivamente para a compra de alimentos, como feijão, arroz, marcarão, ovos, carne e leite, sendo de livre escolha do estudante. Os alimentos podem ser comprados em mais de 20 mil estabelecimentos credenciados nos 417 municípios baianos, além de distritos e povoados, movimentando, também, a economia local e do Estado.

Ensino híbrido – Durante o Papo Correria, o governador também falou sobre o monitoramento dos números de casos da Covid-19 na Bahia para que seja definida a data para a implantação do ensino híbrido na rede estadual de ensino. As atividades nas escolas estaduais foram iniciadas no dia 15 se março, de forma 100% remotas. Nesta segunda fase, serão realizadas atividades nas escolas, com revezamento das turmas durante os dias da semana e seguindo todos os protocolos sanitários.

Em caso de dúvida sobre o Bolsa Presença e o vale-alimentação, o estudante ou pais/responsáveis deve entrar em contato com a escola onde está matriculado ou pelos canais da Ouvidoria (0800 284 0011 e e-mail ouvidoria@educacao.ba.gov). Outras opções são as contas do Facebook (@ouvidoriageraldabahia) e do Instagram (@ouvidoriageralbahia) da Ouvidoria Geral do Estado, que passaram a ser usadas para otimizar esta prestação de serviços aos estudantes, professores, servidores e sociedade de um modo em geral.

Fonte: ASCOM/BA

Next Post

Exames em clínicas de trânsito poderão ser pagos cartões de crédito e débito, anuncia Detran-BA

Qua Jul 7 , 2021
Custo dos exames realizados pelas clínicas é fixado pelo Detran-BA. Neste ano, foram mantidos os valores de R$128 (teste de aptidão física e mental) e R$170 (avaliação psicológica), sem reajustes desde 2018. Os exames médicos relacionados à carteira de habilitação (CNH) poderão ser pagos com cartões de crédito e débito, conforme divulgou o Departamento Estadual de […]